Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

PF faz ação contra ala feminina do PCC na região Norte

Lei de abuso de autoridade pode inviabilizar PF e MPF, diz Ministério
COMPARTILHE

As investigadas poderão responder à Justiça por organização criminosa. As penas podem chegar a 25 anos de prisão.

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta sexta-feira (7), a Operação Lâmpades para desarticular a ala feminina da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) na região Norte do Brasil.

Mulheres passaram a ocupar “posições estratégicas” no comando do PCC porque a facção criminosa acredita que elas estariam menos suscetíveis a prisões, de acordo com investigadores da PF.

As mulheres estariam exercendo funções como o controle e a guarda de drogas e armas de fogo, o estabelecimento de relacionamento entre os criminosos e até a indicação de membros para setores específicos, informa o site UOL.

Mais de 80 policiais federais cumpriram 14 mandados de prisão preventiva e 13 mandados de busca e apreensão.

O braço feminino do PCC na região Norte seria comandado por duas foragidas do estado de São Paulo, com mandados de prisão por roubo e tráfico de drogas.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE