Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

PF indicia governador do Mato Grosso do Sul por corrupção

PF indicia governador do Mato Grosso do Sul por corrupção
COMPARTILHE

Oferecido o indiciamento, fica a cargo da Procuradoria-Geral da República decidir se acata a denúncia.

Reinaldo Azambuja (PSDB), governador do Mato Grosso do Sul, foi indiciado, nesta segunda-feira (6), pela Polícia Federal (PF) por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de organização criminosa. 

Azambuja teria recebido R$ 67 milhões e causado R$ 209 milhões em prejuízos aos cofres públicos, segundo informações da PF.

O indiciamento também atinge o filho do governador, Rodrigo Souza e Silva

As investigações, que tiveram início a partir da delação premiada dos executivos da JBS, apontaram que o esquema envolvia repasses em dinheiro vivo, feitos com base em notas fiscais frias de um frigorífico e doações eleitorais feitas entre 2014 e 2016, destaca o portal Metrópoles.

Em troca da propina, a JBS teria obtido benefícios fiscais que a livraram de pagar R$ 209 milhões em Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Em nota à imprensa, a assessoria do governador do MS afirmou que ele recebeu com “estranheza e indignação” a conclusão do inquérito e classificou a denúncia como “antiga” e baseada em “delações premiadas sem qualquer credibilidade e provas”. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários