- PUBLICIDADE -

PF investiga contratação de varredores de rua fantasmas

Polícia Federal faz busca e apreensão em sede do Pros

Pessoas que figuram como investigadas são agentes públicos e empresários.

- PUBLICIDADE -

A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público Eleitoral do Rio Grande (MP-RS) desenvolvem, nesta terça-feira (9), a operação “Gaspar”. 

A investigação mira a suposta prática de crimes eleitorais e de desvio de recursos públicos na campanha eleitoral municipal de 2020.

De acordo com a PF, a ação investiga um suposto esquema de desvio de recursos públicos em contrato para limpeza urbana, firmado entre a prefeitura de Uruguaiana (RS) e uma empresa de Santa Catarina, que presta serviços desde 2017 ao município.

Pouco antes das eleições, a empresa contratou varredores de ruas fantasmas, alguns residentes em SC, parentes dos próprios empresários investigados, havendo indícios de desvio de parte desses valores para a campanha eleitoral.

O inquérito policial apura crimes de licitação, omissão na prestação de contas eleitorais e apropriação de bens públicos. 

As pessoas que figuram como investigadas são agentes públicos e empresários.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -