- PUBLICIDADE -

PF investiga desvios no combate à pandemia em Fortaleza

Polícia Federal faz busca e apreensão em sede do Pros
- PUBLICIDADE -

De acordo com a PF, o prejuízo pode ser superior a R$ 7 milhões.

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na última terça-feira (3), uma operação para investigar desvios de recursos públicos que seriam utilizados no combate à pandemia de coronavírus

A operação “Cartão Vermelho” teve 27 mandados de busca e apreensão cumpridos em Fortaleza, São Paulo e Pelotas.

A investigação, que começou em junho de 2020, apura crimes de corrupção, desvio de recursos públicos federais e fraude em procedimento de dispensa de licitação no Hospital de Campanha montado no Estádio Presidente Vargas, na capital do Ceará.

De acordo com a PF, o prejuízo pode ser superior a R$ 7 milhões. O bloqueio desses valores em contas das pessoas jurídicas investigadas já foi autorizado.

A Secretaria Municipal de Saúde e a Prefeitura ainda não se manifestaram sobre as denúncias apontadas na operação.

Os investigados poderão responder por crimes de fraude à licitação, peculato, ordenação de despesa não autorizada por Lei e organização criminosa.

Caso sejam condenados, poderão cumprir penas de até 33 anos de reclusão.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -