Português   English   Español
Português   English   Español

PF investiga participação de mais seis pessoas em ataque hacker

PF investiga participação de mais seis pessoas em ataque hacker
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Um dos seis suspeitos citados pela PF é o dono de uma das contas a partir da qual partiram os ataques.

Após a Operação Spoofing, da Polícia Federal (PF), prender quatro suspeitos de envolvimento na invasão ao Telegram do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, investigadores seguem estudando o possível envolvimento de outras seis pessoas no caso.

Os nomes deles apareceram vinculados às contas utilizadas nos ataques ao ministro, porém, em um primeiro momento, a PF não identificou participação direta deles nos fatos, informa o jornal O Globo.

A PF apresentou ao juiz Vallisney de Oliveira, da 10ª Vara Federal do Distrito Federal, um relatório de diligência no qual listou os e-mails destas seis pessoas, que estavam vinculados às contas dos usuários do sistema BRVOZ das quais partiram os ataques.

Com base nesse documento, a PF solicitou o afastamento do sigilo telemático desses e-mails, para acessar seu conteúdo e apurar se os outros alvos também estão envolvidos no caso. O magistrado autorizou a medida.

Em seu relatório de diligência, a PF apontou a “necessidade de identificação quanto a participação ou não” dessas seis pessoas nos fatos.

Um dos suspeitos, citado pela PF pelo nome de Anderson José da Silva, é o dono de uma das contas a partir da qual partiram os ataques.

Apesar de ser o dono da conta, porém, até agora a PF não identificou ter sido Anderson autor de tentativas de invasão — apenas que sua conta teria sido usada por terceiros para esta finalidade.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...