Português   English   Español

PF investiga vice de Garotinho por ligações com Beira-Mar

A candidata a vice-governadora do estado do Rio na chapa de Anthony Garotinho (PRP), vereadora Maria Landerleide de Assis Duarte, é alvo de uma investigação por nomeações feitas em 2016 e 2017, na Câmara Municipal de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

De acordo com inquérito da Polícia Federal resumido pelo jornal O Globo, e reproduzido pelo O Antagonista:

– “Leide, como é conhecida, nomeou para cargos comissionados Thuany Moraes da Costa, filha do traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, além de Nicole Cecília da Silva Monteiro, companheira de um sobrinho do criminoso. Ambas, segundo a PF, eram funcionárias fantasmas.”

– “A polícia sustenta que em nenhum momento constatou que Thuany e Nicole tenham comparecido à Câmara para trabalhar. Para a PF, as folhas de ponto do Legislativo municipal, preenchidas à mão, podem ser facilmente fraudadas.”

– “Beira-Mar, mesmo preso na unidade federal de Porto Velho, em Rondônia, tinha controle da nomeação de seus parentes para cargos no Legislativo. Duque de Caxias é o principal reduto do criminoso no Rio.”

 

Adaptado da fonte O Antagonista

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter