PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

PF mira desvios da verba de combate à Covid-19 em Guarulhos

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Operação da PF mira fraudes no combate ao coronavírus em Guarulhos.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta quarta-feira (21), as operações “Covil-19” e “Florença”.

As investigações miram supostos desvios na saúde em Guarulhos, na Grande São Paulo.

A operação “Covil-19” apura suspeitas relacionadas a seis contratos firmados pela Secretaria de Saúde ligados à instalação do hospital de campanha na cidade.

As assinaturas nos contratos foram feitas em março do ano passado, que somam cerca de R$ 53 milhões, segundo os investigadores da PF.

Já a operação “Florença” visa aprofundar a apuração sobre possíveis irregularidades na aquisição de máscaras pela prefeitura de Guarulhos, com a utilização de recursos do governo federal destinados ao combate à pandemia do novo coronavírus.

As investigações miram uma compra feita pela Secretaria de Saúde de Guarulhos em março de 2020 de 300 mil máscaras descartáveis, ao custo unitário de R$ 6,20, somando R$1,86 milhão.

Em nota à imprensa, a Secretaria Municipal de Saúde de Guarulhos disse que “acompanha a operação da PF, colocando-se à disposição para todos esclarecimentos necessários” e que os “contratos firmados no início da pandemia seguiram a legislação vigente“. 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.