PF mira desvios em obras de combate à seca na Paraíba

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Ex-deputado federal da PB é alvo de operação da PF que apura desvio de verba contra a seca.

A Polícia Federal (PF) lançou, nesta quarta-feira (25), a operação “Poço Sem Fundo“, que apura desvio de dinheiro em obras de combate à seca na Paraíba.

Pelo menos 15 mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos em João Pessoa e Araruna, na Paraíba, e em Parnamirim, no Rio Grande do Norte.

A operação investiga desvio de dinheiro destinado à perfuração de poços e instalação de sistemas simplificados de abastecimento de água na Paraíba.

O ex-deputado federal Benjamim Maranhão (MDB) e a mãe dele, ex-prefeita de Araruna, Wilma Maranhão (MDB), foram alvos da operação.

A defesa de Benjamim e de Wilma informou, às 10h, que tomou ciência prévia do que se trata a operação e que só vai se pronunciar após ter acesso aos autos.

Em João Pessoa, policiais federais e auditores da Controladoria-Geral da União (CGU) cumpriram um dos mandados de busca e apreensão em um condomínio de luxo.

Membros da PF também cumpriram mandados no prédio do DNOCS na capital paraibana. Ao menos 70 policiais e sete auditores participam da ação.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.