Português   English   Español
Português   English   Español

PF mira desvios milionários na merenda escolar da Paraíba

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
PF mira desvios milionários na merenda escolar da Paraíba

Desvios de R$ 13,5 mi destinados à merenda escolar na Paraíba estão na mira de investigadores da PF.

A Polícia Federal (PF) cumpriu, na manhã desta quarta-feira (24), 67 mandados de busca e apreensão e 17 de prisão em órgãos públicos, residências, escritórios e empresas dos alvos nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Massaranduba, Lagoa Seca, Serra Redonda, Monteiro e Zabelê — todas na Paraíba.

O objetivo da primeira parte da operação, batizada de Famintos, é combater fraudes em licitações, superfaturamento de contratos administrativos, corrupção e organização criminosa em aquisições de merenda escolar para municípios paraibanos.

A PF quer desarticular esquema de fraudes em licitações e contratações em Campina Grande, na Paraíba, informa o site Metrópoles.

O crime ocorreu, segundo a PF, entre 2013 e 2019, com pagamentos vinculados a verbas do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Uma segunda parte da operação, esta nomeada de Feudo, também investiga delitos relacionados a licitações fraudadas e contratações irregulares referentes a empresas fornecedoras de merenda escolar. Desta vez, em Monteiro, na Paraíba.

De acordo com informações da PF, foi estipulado o bloqueio de bens e valores na ordem de R$ 13,5 milhões, como uma estimativa preliminar do dano.

Os investigados responderão pelos crimes de fraudes em licitação, superfaturamento de contratos, lavagem de dinheiro e organização criminosa, cujas penas somadas poderão ultrapassar 20 anos de reclusão.

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Veja também_

TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.