Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

PF mira desvios na compra de máscaras no Tocantins

PF mira desvios na compra de mascaras no Tocantins
Imagem: Reuters/Pilar Olivares
COMPARTILHE

PF encontrou “indícios de possível superfaturamento em dois contratos firmados” pelo Estado do Tocantins.

A Polícia Federal lançou, nesta quarta-feira (3), uma operação para apurar desvios na compra de máscaras de proteção pela Secretaria de Saúde do Tocantins em meio à pandemia de coronavírus.

20 policiais federais estão cumprindo quatro mandados de busca e apreensão e três mandados de intimação expedidos pela 4ª Vara Federal da Seção Judiciária do Estado do Tocantins.

Em nota¹, a PF ofereceu mais informações:

“A Polícia Federal encontrou indícios de possível superfaturamento em dois contratos firmados entre a Secretaria Estadual de Saúde e empresas, visando à aquisição de 12 mil máscaras de proteção facial adquiridas pelo valor unitário de 35 reais, totalizando em 420 mil.”

A corporação acrescentou:

“As investigações apontaram, ainda, que, já durante a pandemia, existia processo licitatório vigente na Secretaria Estadual de Saúde que resultou na contratação de empresas para o fornecimento de máscaras de proteção facial idênticas, por valores que variam entre 1,93 real e 3,64 reais.” 

Os investigados poderão responder pelos crimes de formação de cartel e peculato, além de crime contra a economia popular, cujas penas somadas podem ultrapassar 19 anos de reclusão e multa.

Referências: [1]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários