- PUBLICIDADE -

PF mira desvios na saúde e educação no governo da Paraíba

PF mira crimes na Secretaria de Saúde do Recife em meio à pandemia

Na mesma operação “Calvário” já houve buscas e apreensões em dezembro de 2019.

- PUBLICIDADE -

Uma nova fase da operação “Calvário”, que apura a instalação e o funcionamento de uma organização criminosa liderada por Ricardo Coutinho, ex-governador da Paraíba, foi deflagrada nesta terça-feira (27).

Mandados de busca e apreensão foram cumpridos pelo Ministério Público Federal (MPF) e a Polícia Federal (PF) em endereços ligados a uma suspeita de desvios de recursos públicos na saúde e na educação. 

Os mandados foram expedidos pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Francisco Falcão

Falcão explicou que é preciso investigar possíveis delitos cometidos pelo atual governador do Estado, João Azevêdo (Cidadania), e por três conselheiros do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, destaca o portal UOL.

Nesta fase da “Calvário” estão sendo apurados crimes de lavagem de capitais praticados pelo conselheiro Arthur Paredes Cunha Lima e por pessoas ligadas ao grupo empresarial em uma das organizações sociais envolvidas que recebiam propina de fornecedores.

De acordo com as investigações, o esquema criminoso teria começado em 2011 e envolveria a contratação de organizações sociais para gerir recursos públicos. 

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -