- PUBLICIDADE -

PF mira exploração ilegal de madeiras em áreas demarcadas

PF mira exploração ilegal de madeiras em áreas demarcadas
Imagem: Divulgação/PF

- PUBLICIDADE -

Operação Deforest 2 investiga esquema de extração ilegal de madeira em terras indígenas.

A Polícia Federal (PF) deflagrou a operação “Deforest 2”, nesta terça-feira (17), para investigar grupo criminoso dedicado à exploração ilegal de madeira das áreas de preservação demarcadas na região da Ponta do Abunã, distrito de Porto Velho, em Rondônia.

Agentes da PF cumpriram 20 mandados de busca e apreensão e a 20 mandados de bloqueio e sequestro de bens, nas seguintes cidades:

  • Porto Velho/RO;
  • Ariquemes/RO;
  • Lábrea/AM;
  • Rio Branco/AC. 

As investigações iniciaram após apuração de prática reiterada da extração ilegal de madeira das Terras Indígenas, Florestas e Parques Nacionais no entorno do distrito de Vista Alegre do Abunã, destaca o site da PF.

A partir da notícia crime encaminhada à PF, foi possível a identificação de pessoas físicas, madeireiros, “laranjas” e “toreiros”, bem como pessoas jurídicas (madeireiras), que criaram uma estrutura criminosa para a retirada ilegal de madeira da reserva, falsificação de créditos florestais e lavagem de dinheiro decorrente dessas infrações.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -