Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

PF mira fraude na compra de produtos hospitalares em Rondônia

Tarciso Morais

Tarciso Morais

PF mira organização que fabricava e vendia moeda falsa
COMPARTILHE

Governo de Rondônia, já recebeu mais de R$ 200 milhões repassados pelo SUS em 2020

Com apoio da Controladoria-Geral da União (CGU) e do Ministério Público Federal (MPF), a Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta quarta-feira (10), mais uma ação para investigar supostas irregularidades na aquisição de insumos e produtos hospitalares para o enfrentamento da pandemia de coronavírus no Brasil.

O alvo da operação “Dúctil” é o governo de Rondônia, que já recebeu mais de R$ 200 milhões repassados pelo SUS em 2020. Desse valor, mais de R$ 71,2 milhões são especificamente para combate à Covid-19

As suspeitas são de eventuais fraudes em dispensas de licitação, tais como apresentação de atestado de capacidade técnica falso por empresas e a possível atuação em conluio entre empresas e agentes públicos.

Ao todo, os policiais estão cumprindo, em três estados, 15 mandados de busca e apreensão e dois de prisão temporária. 

Durante a análise¹ dos processos, os auditores da CGU constataram indícios de ausência de representatividade legal do responsável por propostas comerciais e irregularidades de procedimentos na homologação de propostas. 

Os valores envolvidos são estimados em R$ 21 milhões, havendo pagamento adiantado de cerca de R$ 3 milhões

A quantia foi paga sem a apresentação pelas empresas de garantias suficientes para suprir os riscos porventura causados sobre a não entrega dos produtos.

Referências: [1]
- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.