- PUBLICIDADE -

PF mira fraudes na contratação de alimentação hospitalar no Amapá

PF mira fraudes na contratação de alimentação hospitalar no Amapá
- PUBLICIDADE -

Caso sejam condenados, os alvos poderão cumprir pena de até 19 anos de reclusão.

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta terça-feira (20), a operação “Banquete”, com o objetivo de apurar irregularidades em processo licitatório na contratação de alimentação hospitalar em Macapá, capital do Amapá.

A ação resultou de um trabalho com apoio do Ministério Público Federal (MPF).

Cerca de 40 policiais federais cumpriram 10 mandados de busca e apreensão. Foram apreendidos mais de R$ 123 mil em dinheiro.

As investigações tiveram como base relatórios emitidos pela Controladoria Geral da União (CGU).

Os relatórios apontam fortes indícios de fraude à licitação na contratação de empresa para o fornecimento de alimentação hospitalar no estado.

Os investigados poderão responder pelos crimes de associação criminosa, fraude à licitação e peculato. Caso sejam condenados, poderão cumprir pena de até 19 anos de reclusão.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -