PF mira organização que fabricava e vendia moeda falsa

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A notícia crime foi apresentada pelos Correios após cédulas falsas serem interceptadas no Espírito Santo.

Por meio da Delegacia de Combate aos Crimes Fazendários do Espírito Santo, a Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta segunda-feira (2), a Operação Marduque para combater crimes de fabricação e venda de moeda falsa por meio do aplicativo WhatsApp.

Os agentes cumpriram três mandados de busca e apreensão e um de prisão preventiva na residência dos investigados em municípios do Espírito Santo.

Os policiais localizaram uma grande quantidade de cédulas falsas e equipamentos utilizados para a falsificação, informa o site Metrópoles.

Os investigados, segundo a PF, responderão pelos crimes de falsificação e guarda de moeda falsa, cuja pena pode variar entre 3 e 12 anos de reclusão.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.