- PUBLICIDADE -

PF mira venda de relíquias arqueológicas encontradas no Acre

PF mira venda de relíquias arqueológicas encontradas no Acre
- PUBLICIDADE -

PF indicou ainda que as apurações continuarão para identificar outros envolvidos no esquema.

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta terça-feira (5), a operação “Elona”, com o objetivo de investigar supostos crimes de venda de materiais arqueológicos, estelionato e alteração de locais, em razão do valor arqueológico.  

Agentes cumpriram mandados de busca e apreensão na residência de um suspeito no Rio Branco, capital do Acre, conhecido como “caçador de relíquias”. 

No local, a PF encontrou grande parte do material arqueológico sob investigação. 

Segundo informações da polícia, no local aconteceu a prisão em flagrante de um indivíduo na posse das relíquias. 

O homem retirava do Rio Acre, na altura do estirão da Gameleira, materiais arqueológicos, sem autorização. 

Os materiais arqueológicos resgatados foram encaminhados ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), que”fará a destinação adequada para a conservação dos objetos”, indicou a PF. 

De acordo com a divisão técnica do Iphan no Acre, as relíquias seriam “garrafas de Stoneware (Grés) do século XIX, além de garrafas de vidro provenientes da Holanda, Irlanda, Inglaterra e Portugal”.  

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -