Português   English   Español

PF mostra que prisão no Paraná virou quartel-general do PCC

PF mostra que prisão no Paraná virou quartel-general do PCC
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Chefes do PCC detidos na unidade prisional curitibana chegaram a elaborar um “censo penitenciário” para avaliar as prisões brasileiras.

Localizada na região metropolitana de Curitiba, capital do Paraná, a Penitenciária Estadual de Piraquara, foi convertida por lideranças do Primeiro Comando da Capital (PCC) no centro contábil da facção criminosa.

É do presídio que ao menos dois líderes do PCC elaboram planilhas e verificam a arrecadação da quadrilha, que surgiu em São Paulo na década de 1990 e hoje tem membros espalhados por todo o Brasil.

A informação, que foi descoberta pela Operação Cravada, realizada na última terça-feira (6) pela Polícia Federal (PF) em 23 cidades de sete estados, reforça a impressão de que o presídio de Piraquara virou uma espécie de “quartel-general” fora dos domínios paulistas.

É deste presídio que também partiram ordem para assassinatos de agentes públicos e de membros de facções inimigas em outros estados.

As decisões eram comunicadas por meio de telefones celulares e aplicativos de comunicação. Os integrantes do grupo tinham acesso à internet na prisão, informa o site UOL.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...