- PUBLICIDADE -

PF pede ao STF apuração contra Toffoli por possível venda de decisões

Lava Jato foi importante mas destruiu empresas diz Toffoli
Imagem: MATEUS BONOMI/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO
- PUBLICIDADE -

A linha de investigação da PF foi baseada na colaboração premiada de Sérgio Cabral.

A Polícia Federal (PF) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que abra um inquérito para apurar a suspeita de repasses ilegais ao ministro Dias Toffoli.

As informações foram obtidas pela jornalista Camila Mattoso, do jornal Folha de S. Paulo.

Saiba mais detalhes:

  • A linha de investigação da PF foi baseada na colaboração premiada do ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral.
  • Cabral teria afirmado que Toffoli teria beneficiado dois prefeitos fluminenses em processo no STF em troca de R$ 4 milhões.
  • Cabral disse que os pagamentos foram intermediado por Hudson Braga, ex-secretário de Obras do Rio.
  • Cabral ainda inclui nas ações o escritório da mulher de Toffoli, a advogada Roberta Rangel.
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -