- PUBLICIDADE -

PF prende empresário acusado de explorar venezuelanos em Roraima

PF prende empresário acusado de escravizar venezuelanos em Roraima
- PUBLICIDADE -

Homem obrigava venezuelanos a cumprir jornadas de 12 horas, sem folga semanal e com pagamentos baixíssimos.

A Polícia Federal (PF) prendeu em Boa Vista, capital de Roraima, um empresário acusado de submeter imigrantes da Venezuela a trabalhos análogos à escravidão.

Os venezuelanos trabalhavam sem dias de folga, com jornadas de 12 horas e pagamentos entre R$ 5 e R$ 10 por dia, ou até nada.

O preso, cuja identidade não foi divulgada, também é suspeito de aliciar mulheres vindas do país controlado pelo ditador Nicolás Maduro.

As imigrantes do sexo feminino eram enviadas para serem exploradas sexualmente em outros estados do Brasil.

Oito trabalhadores foram resgatados em Pacaraima, também no estado de Roraima, mas as investigações indicam que o suspeito pode ter explorado pelo menos 40 imigrantes, informa o site Metrópoles.

A operação, que foi realizada na última terça-feira (17), terminou com o empresário preso na capital roraimense.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -