Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

PF prende em flagrante fraudadores do auxílio emergencial

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Relação da Odebrecht com jornalistas na mira da PF

Agentes da PF prenderam em flagrante fraudadores do benefício no Espírito Santo.

A Polícia Federal (PF) do Espírito Santo prendeu, nesta terça-feira (19), em flagrante dois fraudadores do benefício de auxílio emergencial de R$ 600.

Apelidado de “coronavoucher”, o benefício foi criado pelo governo Jair Bolsonaro por causa da pandemia de coronavírus.

Em parceria com a área de segurança da Caixa Econômica Federal, a PF conseguiu identificar¹ duas pessoas que estavam clonando cartões de benefício social por meio de um dispositivo malicioso instalado em terminais de autoatendimento do banco.

No momento da prisão, foram encontrados com os presos os dispositivos usados para a fraude e câmeras que estavam instaladas nas máquinas.

Por fim, o material apreendido² foi submetido a perícia para elaboração de laudo, de modo que a investigação prosseguirá para identificação da extensão da fraude e seus envolvidos.

Referências: [1][2]

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email