- PUBLICIDADE -

PF prende hacker suspeito de vazar dados de 220 milhões de brasileiros

Hacker de codinome 'Professor' é o arquiteto do ataque à Lava Jato

Hacker foi preso sob suspeita de ser o responsável pelo maior vazamento de informações do País.

- PUBLICIDADE -

A Polícia Federal (PF) prendeu um hacker em Uberlândia, no Estado de Minas Gerais, suspeito de ser o responsável pelo maior vazamento de dados do Brasil.

A prisão ocorreu no âmbito da operação “Deepwater“, que foi deflagrada na última sexta-feira (19) para investigar o vazamento em massa de informações de 220 milhões de brasileiros ocorrido em janeiro.

Agentes ainda cumpriram cinco mandados de busca e apreensão nos municípios de Petrolina (PE) e Uberlândia.

As ordens foram expedidas pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes.

De acordo com a PF, a divulgação de parte dos dados sigilosos foi feita gratuitamente por um usuário do referido fórum que, ao mesmo tempo, colocou à venda o restante das informações, com pagamento em criptomoedas.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -