PF prende mais dois supostos hackers em 2ª fase da Operação Spoofing

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A segunda fase da Operação Spoofing ocorre em São Paulo, Brasília e Ribeirão Preto.

A Polícia Federal (PF) prendeu, nesta quinta-feira (19), mais duas pessoas supostamente envolvidas com o ataque hacker contra autoridades do Brasil.

Além das prisões temporárias, policiais também cumprem mandados de busca e apreensão em quatro endereços. Um dos detidos é um programador de computadores, Thiago Eliezer Martins.

As medidas foram autorizadas pelo magistrado Ricardo Leite, da 10a Vara Federal do Distrito Federal, informa o jornal Folha.

Essa é a segunda fase da Operação Spoofing, que apura a invasão em telefones de pessoas ligadas à Lava Jato, entre elas o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e o procurador da República, Deltan Dallagnol, chefe da força-tarefa em Curitiba.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.