PF procurou por Battisti nas embaixadas de Bolívia e Venezuela

Idiomas:

Português   English   Español
PF procurou por Battisti nas embaixadas de Bolívia e Venezuela
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A Polícia Federal também checou informação de que Battisti estaria na Amazônia. Um mapeamento foi feito, mas sem sucesso.


A ordem na Polícia Federal (PF) é não falar publicamente sobre o terrorista Cesare Battisti para dar a sensação de que o italiano não está mais sendo procurado, o que pode levá-lo a cometer alguma falha.

Agentes da PF investigaram se ao menos duas embaixadas instaladas no Brasil estariam abrigando Battisti.

O “Estadão” apurou que entre as embaixadas consultadas estão as da Venezuela e da Bolívia, que negaram terem dado refúgio para o terrorista italiano nas suas unidades.

Segundo um delegado, informações incorretas gerariam uma crise diplomática, razão pela qual dizem não acreditar que possam ter omitido a verdade nas respostas.

Desde que o ex-presidente Michel Temer decretou a extradição dele para a Itália, Battisti está foragido.

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...