- PUBLICIDADE -

PGR alerta para uso de vídeo da reunião como ‘palanque eleitoral’

PGR denuncia 15 pessoas por venda de sentenças no TJ da BA
- PUBLICIDADE -

Aras alerta que vídeo da reunião pode ser utilizado “como palanque eleitoral precoce das eleições de 2022”.

Em manifestação enviada, nesta quinta-feira (14), ao Supremo Tribunal Federal (STF), o procurador-geral da República, Augusto Aras, se posiciona contra a divulgação da íntegra do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril. 

Aras argumenta que o vídeo pode ser convertido em “arsenal de uso político, pré-eleitoral (2022), de instabilidade pública e de proliferação de querelas”.

O documento foi encaminhado ao ministro Celso de Mello, que decidirá sobre a divulgação do vídeo.

O procurador-geral pediu ao ministro que levante o sigilo do vídeo apenas nas falas de Bolsonaro “que digam respeito ao objeto deste inquérito”.

Segue abaixo um trecho do texto enviado pelo PGR:

“A divulgação integral do conteúdo o converteria, de instrumento técnico e legal de busca da reconstrução histórica de fatos, em arsenal de uso político, pré-eleitoral (2022), de instabilidade pública e de proliferação de querelas e de pretexto para investigações genéricas sobre pessoas, falas, opiniões e modos de expressão totalmente diversas do objeto das investigações, de modo a configurar fishing expedition.”

O procurador-geral Aras acrescenta que “não compactua com a utilização de investigações para servir, de forma oportunista, como palanque eleitoral precoce das eleições de 2022”.

Ainda de acordo com o PGR, a divulgação também feriria a intimidade dos ministros que falaram durante a reunião, já que “tomaram a palavra e, cada uma à sua maneira, ao seu tom, expôs suas ideias, cientes de que falavam apenas aos pares, e não falando ou se expondo à nação ou à imprensa”.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -