- PUBLICIDADE -

PGR apura uso de dinheiro público por deputados para lucrar na web

Ministério Público apura suposta prática de censura pelo YouTube
- PUBLICIDADE -

Ao menos seis deputados obtiveram da Câmara reembolsos pela contratação de empresas para gerir seus canais.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) lançou uma apuração preliminar sobre a utilização de dinheiro público por deputados para contratar serviços que geram lucro na internet.

Ao menos seis deputados obtiveram da Câmara dos Deputados reembolsos pela contratação de empresas para gerir seus canais.

Na lista estão:

  • Carla Zambelli (PSL-SP);
  • Joice Hasselmann (PSL-SP);
  • Bia Kicis (PSL-DF);
  • Otoni de Paula (PSC-RJ);
  • Paulo Pimenta (PT-RS);
  • Flordelis (PSD-RJ).

Todos contrataram empresas com dinheiro da cota parlamentar para fazer edição e montagem dos vídeos apresentados em seus canais no YouTube, destaca o portal Terra.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -