- PUBLICIDADE -

PGR assina novo acordo com Ministério Público da Suíça

PGR assina novo acordo com Ministério Público da Suíça
- PUBLICIDADE -

O novo acordo visa cooperação para troca de informações sobre investigações penais, que serão usadas na Lava Jato.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) assinou nesta segunda-feira (8), com o Ministério Público da Suíça, um novo acordo de cooperação para troca de informações sobre investigações penais.

Os dados serão utilizados, principalmente, na Operação Lava Jato, mas outros inquéritos em andamento também serão beneficiadas.

Desde o início das investigações da Lava Jato, em 2014, a Suíça foi a nação que mais colaborou com as investigações brasileiras.

Até o momento, existem cerca de 200 procedimentos entre os dois países para quebra de sigilo de investigados que possuem contas naquele país, e que podem ser fruto de operações da lavagem de dinheiro praticadas por brasileiros.

Segundo a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, a parceria possibilitou o descortinamento de esquemas milionários de corrupção como o investigado na Lava Jato.

Segundo o Metrópoles, Dodge declarou:

“Brasil e Suíça são nações amigas, que souberam construir uma cooperação internacional inédita entre outras nações, eficiente e baseada em resultados que se dirigem na realização da Justiça.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -