Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

PGR calcula lucro de canais com vídeos de ‘atos antidemocráticos’

Tarciso Morais

Tarciso Morais

PGR calcula lucro de canais pró-Bolsonaro com vídeos de ‘atos antidemocráticos’
Imagem: Ueslei Marcelino/Reuters
COMPARTILHE

Número 2 da PGR indica a “potencial existência de uma rede integralmente estruturada de comunicação virtual” por trás dos atos. 

O vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques, está investigando o rastro do dinheiro por trás dos supostos “atos antidemocráticos” promovidos por apoiadores do presidente da República, Jair Bolsonaro.

Além de investigar a relação da cota parlamentar com o financiamento dos atos, Jacques tratou de calcular quanto canais pró-Bolsonaro no YouTube podem estar faturando com a transmissão de discursos feitos pelo chefe do Executivo durante as manifestações.

De acordo com a PGR, o canal Folha Política, no YouTube, pode ter faturado entre US$ 6 mil e US$ 11 mil ao exibir o que disse Bolsonaro durante a manifestação do dia 3 de maio. 

Já em relação ao Foco do Brasil, ainda segundo a PGR, o lucro pode ter alcançado algo entre US$ 7,55 mil e US$ 18 mil com uma transmissão feita no ato do dia 19 de abril.

No inquérito, o vice-procurador-geral afirma:

“Os frequentes entrelaçamentos dos membros de cada um dos núcleos […] indicam a potencial existência de uma rede integralmente estruturada de comunicação virtual voltada tanto à sectarização da política quanto à desestabilização do regime democrático para auferir ganhos econômicos diretos e políticos indiretos.”

Referências: [1]
- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM