PGR coloca Ailton Benedito em Conselho de Direitos Humanos

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Procuradora retirada era crítica de diversas medidas do governo Bolsonaro. Benedito assume a suplência do cargo deixado por ela.

O procurador-geral da República, Augusto Aras, destituiu a procuradora federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), Déborah Duprat, do assento destinado ao Ministério Público Federal (MPF) no Conselho Nacional dos Direitos Humanos.

No lugar da procuradora no cargo vinculado ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Aras colocou a si mesmo na cadeira e, como suplente, o procurador Ailton Benedito.

Nos primeiros meses da gestão do presidente Jair Bolsonaro, a procuradora assinou diversas notas técnicas contrárias às medidas do governo.

Até mesmo a indicação de Benedito, que pode agora assumir a antiga cadeira de Duprat na ausência de Aras, à Comissão de Mortos e Desaparecidos foi rejeitada pela procuradora.

A troca de cadeiras autorizada por Aras bloqueia a futura presidência de Duprat no Conselho, que é rotativo, segundo o site Metrópoles.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.