- PUBLICIDADE -

PGR defende foro privilegiado de Flávio no caso da ‘rachadinha’

Flávio Bolsonaro diz que errou ao confiar em Queiroz
- PUBLICIDADE -

PGR diz que a nova regra do foro privilegiado não define uma regra sobre o chamado “mandato cruzado”.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) defendeu que o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeite o recurso do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) contra o foro privilegiado do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) no caso da “rachadinha”.

Em parecer enviado na manhã desta segunda-feira (27), a PGR diz que a nova regra do foro privilegiado não define uma regra sobre o chamado “mandato cruzado”.

A última palavra no caso, no entanto, caberá ao STF, destaca o site Poder360.

O relator do caso na Corte, o ministro Gilmar Mendes, deve levar o tema a julgamento na 2ª Turma da Corte.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -