Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

PGR diz que Aécio arrecadou R$ 128 milhões da J&F em troca de vantagens indevidas

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
PGR diz que Aécio arrecadou R$ 128 milhões da J&F em troca de vantagens indevidas

O dinheiro teria sido destinado ao próprio Aécio e a 12 partidos que o apoiaram na disputa presidencial, como o DEM, Solidariedade e PTB.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) informou nesta terça-feira (11) que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) liderou uma organização criminosa com o objetivo de comprar apoio político de outros partidos para sua candidatura presidencial, em 2014. 

Segundo depoimentos de Joesley Batista e Ricardo Saud, do grupo J&F, o senador captou R$ 128 milhões em vantagens indevidas, sendo R$ 109,3 milhões para a campanha.

Com base nesses fatos, os investigadores deflagraram a Operação Ross e pediram ao Supremo Tribunal Federal uma série de mandados de busca e apreensão contra Aécio e outros congressistas, conforme registrou a Renova.

Adaptado da fonte Poder 360

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email