Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

PGR diz que Bolsonaro deve escolher como irá depor à PF

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Bolsonaro tenta proteger apoiadores da violência da esquerda radical
COMPARTILHE

O pedido para ouvir Bolsonaro nas investigações foi feito pela PF. O inquérito foi aberto a partir de acusações de Moro.

O procurador-geral da República, Augusto Aras, recomendou que o presidente da República, Jair Bolsonaro, preste depoimento à Polícia Federal (PF), desde que possa escolher se responderá às perguntas por escrito ou pessoalmente.

Aras enviou um parecer ao Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o depoimento, que pode ser realizado no âmbito que investiga as acusações do ex-ministro Sérgio Moro contra Bolsonaro.

Se Bolsonaro tiver a intenção de depor pessoalmente, caberia a ele escolher horário e local. Bolsonaro também teria o direito de permanecer em silêncio.

Caberá ao ministro Celso de Mello, relator do caso no STF, decidir se e como Bolsonaro prestará o depoimento. 

Como o tribunal entrou em recesso nesta quinta-feira (2), o ministro só deverá tomar essa decisão a partir de agosto, quando as atividades forem retomadas.

Referências: [1]
- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.