Português   English   Español

PGR é contra anular condenação de Eduardo Cunha na Lava Jato

PGR é contra anular condenação de Eduardo Cunha na Lava Jato
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A defesa do emedebista pede a anulação da condenação. Raquel Dodge não vê justificativa para tal requerimento.


A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, é a favor da manutenção de ação penal da Lava Jato na qual o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (MDB-RJ), foi condenado a 14 anos e 6 meses de prisão.

Apesar do deputado cassado ter sido sentenciado pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas, os seus advogados pediram a anulação da condenação.

Para a defesa de Cunha, a decisão do ex-juiz Sérgio Moro na primeira instância “afronta” o acórdão do Supremo Tribunal Federal (STF) que aceitou a denúncia também para crime eleitoral.

Dodge, contudo, não vê justificativa para o pedido. Em parecer enviado ao STF, segundo o UOL, a procuradora-geral afirmou:

“Embora o STF tenha recebido integralmente a denúncia ofertada pela Procuradoria-Geral da República, essa decisão não impedia [a Justiça de primeira instância] de absolver sumariamente o réu quanto a fatos por ela considerados atípicos, tal qual ocorreu em relação ao suposto crime eleitoral.”

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on reddit
Share on linkedin
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...