- PUBLICIDADE -

PGR é contra paralisação dos processos da Ferrogrão

PGR é contra paralisação dos processos da Ferrogrão

Aras diz que Ferrogrão concretiza princípio do desenvolvimento sustentável.

- PUBLICIDADE -

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, atendeu ao pedido do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) questionando a supressão de hectares do Parque Nacional do Jamanxim para a construção da Ferrogrão.

Em parecer enviado ao STF, na última segunda-feira (15), Aras manifestou-se pela improcedência da ação:

“A redução de 0,054% do Parque Nacional do Jamanxim para viabilização de estudos para a instalação de ferrovia destinada ao escoamento de grãos (Ferrogrão – EF 170) ajusta-se ao princípio do desenvolvimento sustentável como fator de equilíbrio entre economia e ecologia.”

O procurador-geral destaca ainda que a redução da área do parque para a construção da ferrovia destinada ao escoamento de produção agrícola, “além de diminuir a emissão de poluentes por caminhões de transporte de cargas, ajusta-se com fidelidade ao princípio constitucional do desenvolvimento sustentável”.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -