Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

PGR pede abertura de inquérito contra governador do Rio

Witzel critica uso do caso Ághata para palanque político
COMPARTILHE

Governo disse que Witzel “está à disposição para contribuir com qualquer investigação”.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu a abertura de inquérito, nesta quarta-feira (29), para investigar possíveis crimes praticados por Wilson Witzel, governador do Rio de Janeiro.

O pedido sigiloso foi encaminhado ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), que é a instância competente para o julgamento de governadores, na semana passada.

Os crime sob investigação são de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa, destaca o jornal O Globo.

Esta é a primeira investigação criminal contra Witzel desde que ele assumiu o governo do Estado da região Sudeste

A PGR detectou que o governo fluminense contratou sete pessoas ligadas a um aliado político de Witzel. As nomeações, no entanto, não foram assinadas diretamente por Witzel, mas por secretários do governo.

A assessoria do governador afirmou que ele “está à disposição para contribuir com qualquer investigação”.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários