PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

PGR pede investigação sobre invasões a hospitais na pandemia

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

PGR pediu a coleta de informações sobre episódios de invasão em hospitais.

O procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu, neste domingo (14), que sejam abertas investigações contra aqueles que promovem invasões a hospitais durante a pandemia de coronavírus.

Aras disse¹ a procuradores-gerais de Justiça para colherem informações sobre os episódios que forem registrados nos Estados. 

Assim, de acordo com a publicação da PGR, seria possível responsabilizar políticos e outras pessoas que promovam a desordem ao forçarem a entrada em unidades de Saúde.

Na semana passada, durante live no Facebook, o presidente da República, Jair Bolsonaro, pediu que apoiadores “arranjem uma maneira“ de entrar em hospitais de campanha e filmarem o interior do local para mostrar se os leitos estão ocupados ou não.

Ainda neste domingo, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, cobrou uma ação do Ministério Público contra essas atitudes.

Em mensagem² no Twitter, Mendes criticou “agentes públicos” por “alimentar teorias da conspiração”:

“Invadir hospitais é crime – estimular também. O Ministério Público (a PGR e os MPs Estaduais) devem atuar imediatamente. É vergonhoso –para não dizer ridículo– que agentes públicos se prestem a alimentar teorias da conspiração, colocando em risco a saúde pública.” 

Através de post³ na mesma rede social, o vereador Carlos Bolsonaro disse que apenas “bandidos e doentes mentais” avaliam que o chefe do Executivo incentivou invasões:

“Só um bandido ou um doente mental para minimamente crer que o Presidente incentivou invasão a hospitais ao invés de entender que o citado foi para que cidadãos cumpram seu direito de fiscalizar os gastos públicos!”

Referências: [1][2][3]
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.