- PUBLICIDADE -

PGR preocupada com decisão de Toffoli sobre COAF

PGR preocupada com decisão de Toffoli sobre COAF
- PUBLICIDADE -

Integrantes da Lava Jato também criticaram a decisão do ministro do STF de suspender investigações.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, disse que vê com preocupação a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, de suspender investigações sem autorização judicial com dados do COAF (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) e da Receita Federal.

Em nota, divulgada nesta quarta-feira (17), Dodge disse que determinou a análise do impacto da decisão para evitar qualquer ameaça às investigações em curso no Brasil.

Segundo a PGR, está sendo analisada uma decisão do STF, tomada em 2016, quando a Corte considerou constitucional o envio de dados do COAF ao Ministério Público.

Na última terça-feira (16), integrantes da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro disseram que a decisão de Toffoli terá impacto em “muitos casos” que apuram corrupção e lavagem de dinheiro.

Com a decisão de Toffoli, as investigações que estão em andamento em todo o país só poderão ser retomadas após o plenário da Corte decidir sobre a constitucionalidade do compartilhamento, com o Ministério Público, de dados sigilosos de pessoas investigadas, informa a agência EBC.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -