PGR rejeita abertura de investigação contra Bolsonaro

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O pedido por uma investigação contra Bolsonaro chegou à PGR após uma representação de parlamentares do PSOL.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) rejeitou a abertura de uma investigação criminal contra o presidente da República, Jair Bolsonaro.

Bolsonaro foi acusado por opositores de compra de votos para a Reforma da Previdência com emendas parlamentares.

O caso chegou à PGR após uma representação de parlamentares do PSOL, que apontaram uma suposta liberação de emendas para convencer parlamentares a votarem a favor da reforma.

Em manifestação enviada no dia 9 de dezembro, o vice-procurador-geral da República, José Bonifácio Borges de Andrada, apontou que não havia elementos mínimos para abertura de inquérito criminal e determinou o envio dos autos à primeira instância.

A informação foi divulgada nesta segunda-feira (20) pela jornalista Bela Megale, no jornal O Globo.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.