Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

PGR suspeita de ação orquestrada em queimadas na Amazônia

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
PGR suspeita de ação orquestrada em queimadas na Amazônia

“Há suspeita de ação orquestrada, há suspeita de uma atuação que foi longamente cultivada para chegar a esse resultado”, afirmou Dodge.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, afirmou, nesta segunda-feira (26), que há uma “suspeita de ação orquestrada” nas ações que geraram queimadas na Amazônia.

Dodge justificou a determinação dela para abrir inquérito a fim de identificar e punir os responsáveis pelos atos criminosos:

“Há suspeita de ação orquestrada, há suspeita de uma atuação que foi longamente cultivada para chegar a esse resultado. O que nós percebemos da conversa de hoje é que há sinais disso, há elementos que justificam a abertura de inquérito para investigar e punir os infratores.”

A procuradora-geral anunciou que o inquérito vai apurar incentivos de quem realizou queimadas em terras federais e em unidades de conservação federal.

Dodge disse que os ramos do Ministério Público decidiram criar uma frente pela Amazônia com o objetivo de adotar ações coordenadas e preventivas em relação à floresta, informa o site Extra.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email