Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Piauí confirma primeira morte no Brasil por Febre do Nilo Ocidental

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Piauí confirma primeira morte no Brasil por febre do Nilo ocidental

O caso foi notificado em 2017, mas os laudos conclusivos foram liberados somente agora. Este foi o primeiro registro de morte pela doença no País.

O governo do Piauí confirmou, nesta quarta-feira (24), que uma idosa moradora de Piripiri morreu ao contrair febre do Nilo Ocidental (FNO).

No Piauí, outras duas pessoas foram infectadas pelo vírus e sobreviveram, informa o site UOL.

A primeira ocorrência foi em 2014, na cidade de Aroeiras do Itaim; e a segunda, em 2017, no município de Picos.

Em nota, o superintendente de Atenção à Saúde da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi), Herlon Guimarães, declarou:

“O vírus circula no Piauí e em outros Estados do Brasil, mas a Secretaria de Saúde está vigilante e atuando de acordo com o protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde. Nós não possuímos nenhum caso registrado em 2018 ou em 2019. Não existem novos casos no Estado.”

A FNO é uma infecção viral causada pela transmissão de mosquitos comuns (Culex).

Assim como a dengue, a zika e a chikungunya, é uma arbovirose e só pode ser transmitida para os humanos através da picada de insetos infectados com o vírus. 

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias