Pipas incendiárias obrigam Israel a reforçar bloqueio da Faixa de Gaza

Idiomas:

Português   English   Español
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Israel reforçou nesta terça-feira (17) o bloqueio da Faixa de Gaza em represália às pipas incendiárias lançadas nos últimos meses a partir do território da Palestina.

Os artefatos incendiários já causaram importantes danos ao setor agrícola israelense.

Três dias depois do pior confronto armado entre Israel e o grupo terrorista Hamas desde a guerra de 2014, o Ministério da Defesa suspendeu as entregas de óleo combustível através de Kerem Shalom, o único ponto de passagem de mercadorias entre os dois territórios.

Na semana passada, o governo de Benjamin Netanyahu anunciou o fechamento imediato desta passagem, o que o Hamas denunciou como um “crime contra a humanidade”.

O endurecimento deste bloqueio intensifica a pressão contra o Hamas e deteriora ainda mais a já muito precária situação humanitária dos território palestinos.

A medida é uma resposta de Israel às pipas com balões incendiários lançados de Gaza, e que já arrasaram mais de 2.600 hectares de terras israelenses.

Depois das pedras, a versão incendiária das pipas se tornou símbolo da mobilização palestina e coloca pressão sobre os dirigentes palestinos que não conseguem conter os danos causados por esses artefatos caseiros.

 

Com informações da Isto É

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as últimas notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque