Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Pistas milenares reforçam evidências de reino perdido na África

COMPARTILHE

Cientistas acreditam ter encontrado tão esperadas provas da localização deste icônico reino.

Reino de Punte foi um importante parceiro comercial do Egito ao longo de pelo menos mil anos. 

Entre os bens de luxo fornecido por este reino estavam incenso, ouro, peles de leopardo e babuínos vivos.  

A localização geográfica deste reino, no entanto, tem sido alvo de debate entre especialistas.  

Seria em algum lugar na região sul do Mar Vermelho, na África ou na Arábia

Publicado na última terça-feira (15) na revista eLife, um novo estudo da Dartmouth College, nos Estados Unidos, encontrou uma nova peça desse quebra-cabeça.  

A pesquisa rastreou as origens geográficas de animais egípcios mumificados, descobrindo algo bem interessante. 

Alguns dos babuínos analisados foram originados numa área que inclui regiões onde hoje são os seguintes países africanos: 

  • Etiópia 
  • Eritreia 
  • Dijbouti 
  • Somália 
  • Iêmen 
Babuinos – Espécies de babuínos e suas localizações geográficas pelo continente africano | Imagem: Divulgação/Dartmouth College 

Os resultados demonstram que dois babuínos mumificados, batizados como EA6738 e EA6736, nasceram fora do Egito.  

Provavelmente, eles vieram de um local na Eritreia, Etiópia ou Somália, o que restringe a localização do Reino de Punte a um espaço bem delimitado.  

Seriam estas as tão esperadas provas da localização deste icônico reino perdido africano? 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE