Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

PM de São Paulo nega excessos na Avenida Paulista

Imagem: Anderson Lira/FramePhoto / Estadão
COMPARTILHE

“A polícia não tem lado, não tem ideologia. Não houve excesso da polícia”, diz coronel Camilo.

O coronel Álvaro Batista Camilo, secretário-executivo da Polícia Militar de São Paulo, defendeu, nesta segunda-feira (1), a atuação da corporação nas intervenções realizadas durante atos na Avenida Paulista.

Camilo negou¹ excessos da PM e, rebatendo críticas dos opositores do governo Jair Bolsonaro, afirmou que a “polícia não tem lado”:

“A polícia atuou corretamente dos dois lados, houve emprego de munição química dos dois lados. A polícia não tem lado, não tem ideologia. Não houve excesso da polícia, inclusive a polícia só acompanhou os manifestantes, retirando a possibilidade de confronto.”

O coronel garantiu que o objetivo da PM-SP foi “proteger pessoas e garantir o direito de manifestação de qualquer lado”. 

“Não teve pendência para nenhum lado”, reforçou Camilo durante entrevista² à emissora CNN Brasil.

Referências: [1][2]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários