Polícia da Argentina agora pode atirar sem dizer ‘mãos ao alto’

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A Casa Rosada divulgou uma medida sobre o uso de armas de fogo por agentes policiais.

A resolução 956, assinada pela ministra da Segurança, Patricia Bullrich, autoriza a Polícia Federal e todas as polícias provinciais que aderirem à iniciativa a atirarem sem aviso nem agressão prévia.

A decisão levou dirigentes da oposição a denunciá-la na Justiça por sua suposta inconstitucionalidade e por violar os direitos humanos.

Na visão da ministra da Segurança da Argentina, “quando existe uma doutrina clara, existem menos mortes de policiais e civis”.

Bullrich argumentou:

Esta resolução é a favor das pessoas e de que a polícia possa defendê-las. Se um policial fica pensando que por atuar poderá terminar preso, não fará nada.

A resolução também autoriza os policiais a dispararem caso o suspeito de ter cometido um delito esteja fugindo.

Para ONGs de defesa dos direitos humanos, trata-se de “uma carta branca para o uso de armas de fogo”, registra o jornal “O Globo“.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.