PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Polícia da Espanha prende homem que matou e comeu a mãe

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Assassino comeu partes do corpo da mãe, algumas cozidas e outras cruas.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Um espanhol foi condenado a 15 anos de prisão, na última terça-feira (15), depois de matar e comer a sua própria mãe, de 68 anos.

A polícia prendeu Alberto Sanchez Gomez depois de encontrar partes de corpos, alguns em recipientes de plástico, na geladeira e em gavetas ao redor da casa da família.

A cabeça, as mãos e o coração de Maria Soledad Gomez foram encontrados em sua cama, enquanto o resto de seu corpo foi cortado em cerca de 1 mil pedaços.

O caso macabro aconteceu em 2019, mas o julgamento só chegou ao fim nos últimos dias.

Durante o julgamento, o assassino, de 28 anos, alegou ter sofrido um episódio psicótico, dizendo que ouviu “mensagens ocultas” na TV que o incentivaram a matar sua mãe.

O espanhol alegou não se lembrar de cortar ou comer sua mãe, mas um policial testemunhou que, durante o transporte para a delegacia, Gomez disse que havia estrangulado sua mãe por trás.

Ele também comeu algumas partes do corpo dela, algumas cozidas e outras cruas, e deu alguns pedaços para o cachorro“, disse um policial durante o julgamento.

A polícia da Espanha já tinha conhecimento do comportamento violento de Gomez, inclusive casos de violência contra a sua mãe. No momento do assassinato, o espanhol teria violado uma ordem de restrição, segundo informações da emissora BBC.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.