Polícia da França evacua imigrantes ilegais acampados em Paris

Idiomas:

Português   English   Español
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Centenas de imigrantes ilegais foram retirados por policiais franceses nesta terça-feira (26) de um acampamento na Universidade Paris-8, em Saint Denis.


Eles foram levados para um ginásio da capital da França. A situação dos migrantes será examinada individualmente, segundo o governo francês.

De acordo com um comunicado da Secretaria de Segurança Pública, outros 160 ocupantes ilegais foram evacuados.

A operação começou por volta das 4h45 e terminou às 9h no horário local. Cerca de 70 estudantes passaram a noite no local ao lado dos imigrantes para demonstrar seu apoio.

Segundo informações do RFI:

Quando a tropa de choque da polícia francesa chegou, os universitários formaram uma corrente humana em volta dos clandestinos.

Houve um início de tumulto e os policiais jogaram bombas de gás lacrimogêneo para que os imigrantes pudessem subir nos ônibus que os levaram ao ginásio de Raincy, situado no mesmo bairro.

A maior parte deles é originária do oeste da África, Sudão e Eritreia.

Os estrangeiros dormiam em um acampamento em Paris até que os militantes de associações de defesa dos imigrantes propuseram um abrigo na universidade, em janeiro. Além deles, estudantes que protestavam contra a reforma do governo de acesso ao ensino superior também se instalaram no local. Outros sem-teto da região também acabaram se mudando para o campus.

Na universidade, foi criada uma verdadeira comunidade: os estrangeiros dormiam, comiam e aprendiam francês. Até mesmo uma assembleia-geral, traduzida em cinco línguas, era organizada semanalmente.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...