Polícia da Suécia alerta para fortalecimento de gangue da Nigéria

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Conhecida como “Machado Negro”, a quadrilha internacional da Nigéria opera em vários países do sul da Europa. 

A polícia de Estocolmo, na Suécia, alertou para a crescente influência de uma quadrilha da Nigéria ligada ao tráfico de drogas e à prostituição de imigrantes ilegais.

Quinze membros do grupo foram presos esta semana em Gotemburgo, em conexão com casos de tráfico de drogas, informa a rádio sueca Sveriges.

Lennart Karlsson, funcionária do governo em Estocolmo, disse que a polícia notou um aumento da presença da máfia nigeriana nos últimos anos.

Karlsson rotulou a máfia nigeriana como “um dos sindicatos criminais mais eficazes do mundo” e continuou: “Infelizmente, para nós, eles provavelmente têm um futuro bastante brilhante”.

A máfia nigeriana também é conhecida por usar o juju, um equivalente nigeriano do vodu, para forçar os migrantes a se tornarem traficantes de drogas ou prostitutas, informa o site Breitbart.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.