- PUBLICIDADE -

Polícia de Bangladesh procura familiares e associados do terrorista de Nova York

Foto de divulgação de Akayed Ullah, suspeito de detonar bomba caseira em terminal de ônibus de Nova York 11/12/2017 New York City Taxi and Limousine Commission/Divulgação via REUTERS

- PUBLICIDADE -

Autoridades de Bangladesh estão tentando localizar familiares e quaisquer associados a Akayed Ullah, o terrorista bengalês que detonou bomba caseira no maior terminal de ônibus da cidade de Nova York.

De acordo com informações da Reuters:

Ullah, que tinha uma bomba caseira amarrada em seu corpo, detonou o dispositivo em uma passagem subterrânea entre a Times Square e o terminal de ônibus de Port Authority, durante o horário de pico de segunda-feira, deixando três feridos além de si mesmo, no que o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, chamou de tentativa de ataque terrorista.

Uma autoridade com conhecimento do caso disse que investigadores encontraram evidências de que Ullah havia assistido propagandas do Estado Islâmico na internet.

Bangladesh condenou o ataque em comunicado dizendo, “um terrorista é um terrorista, independentemente de sua etnia ou religião, e deve ser apresentado à Justiça”.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -