- PUBLICIDADE -

Polícia de SP auxilia no inquérito do STF sobre ‘fake news’

Polícia de SP auxilia no inquérito do STF sobre ‘fake news’
- PUBLICIDADE -

Junto com a Polícia Federal (PF), a Polícia Civil de São Paulo auxiliará no andamento do inquérito aberto pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para apurar supostas notícias falsas e ataques contras seus ministros.

O ministro Alexandre de Moraes, relator do processo, em conversa com jornalistas, nesta terça-feira (19), afirmou que os maiores grupos de financiamento de ataque a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) estão localizados em São Paulo.

Segundo o ministro, foi pedido à Polícia Civil de São Paulo um delegado especializado na área da internet para colaborar com as investigações, que estão atrás de redes de robôs principalmente no WhatsApp e no Twitter.

O ministro disse que há uma rede de ataques que pregam atos de violência contra integrantes do STF, permeada por manifestações como “dar um tiro na cabeça de ministro” e “vamos à sessão para matar os ministros”, informa o jornalista Fausto Macedo.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -