Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Polícia da França expulsa esquerdistas que ocupavam terreno

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COMPARTILHE

Forças de segurança cumprem ordem de remoção de ativistas contrários à construção de aeroporto próximo a Nantes. Invasores ocupavam o local há uma década.

A polícia francesa usou gás lacrimogêneo ao cumprir a ordem de retirar cerca de 250 ativistas de esquerda de Notre-Dame-des-Landes, perto da cidade de Nantes, no amanhecer desta segunda-feira (09). Aproximadamente 2.500 policiais participaram da operação.

De acordo com informações da DW:

Os invasores – um grupo eclético de ativistas anticapitalistas, ecologistas e posseiros – juntaram-se a alguns agricultores em 2008 para evitar a construção de um aeroporto. Eles se recusaram a deixar o local depois que o projeto foi abandonado no início deste ano. O governo francês havia avisado que os invasores seriam despejados.

Os ativistas jogaram pedras, bombas de gasolina e atearam fogo em barricadas feitas de pneus e madeira para obstruir a passagem da polícia. As forças de segurança reagiram com o fechamento de vias de acesso e isolaram os invasores. No confronto, um policial sofreu um ferimento num olho.

Nos últimos 50 anos, sucessivos governos debateram sobre o controverso plano de construir um centro aeroportuário que serviria a costa ocidental da França, o Grand Ouest Airport (AGO). Estas cinco décadas foram marcadas por consultas, discussões e indecisões até que o presidente da França, Emmanuel Macron, anunciou, em janeiro, o abandono definitivo do projeto estimado em 580 milhões de euros.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram