Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Polícia prende quatro ativistas pró-independência de Hong Kong

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Hong Kong usa criatividade para criticar a Lei de Segurança da China

“Eles queriam unir todos os grupos separatistas para promover a independência de Hong Kong”, diz a polícia.

A polícia de Hong Kong prendeu, nesta quarta-feira (29), quatro pessoas acusadas de promover o separatismo.

Esta é a primeira leva de detenções sob a nova lei de segurança nacional imposta pelo regime comunista da China para conter os protestos de rua.

Li Kwai-wah, porta-voz da polícia local, explicou o motivo das prisões:

“Nós os prendemos por subversão e por organizar e incitar secessão. Eles queriam unir todos os grupos separatistas para promover a independência de Hong Kong.”

Os ativistas foram presos sob os artigos 20 e 21 da lei da nova legislação, que tratam da promoção do separatismo. 

De acordo com o jornal Folha, eles podem receber penas de 3 a 10 anos de prisão e não têm direito à liberdade mediante pagamento de fiança.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email